Atualmente, o valor do beneficio não poderá ser inferior ao valor do salário-minimo, ou seja, R$ 954,00, e o valor máximo da parcela é de R$ 1.643,72.

Recorda-se que as faixas de salário médio são representadas pela média aritmética simples da soma dos 3 últimos salários anteriores à dispensa.

No pagamento dos benefícios serão considerados:

  1. O valor do salário-mínimo do próprio mês imediatamente anterior, para benefícios colocados à disposição do beneficiário até o dia 10 do mês de reajuste;
  2. O valor do salário-mínimo do próprio mês, para benefícios colocados à disposição do beneficiário após o dia 10 do mês de reajuste.

O Ministério do Trabalho divulgou em seu site (www.trabalho.gov.br), em 13/01/2017, os valores do seguro-desemprego, reproduzidos a seguir:

 

Faixas de salário médio Valor da parcela
Até R$ 1.450,23 Multiplica-se o salário médio por 0,8 (80%)
De R$ 1.450,24 até R$ 2.417,29 O que exceder a R$ 1.450,23 multiplica-se por 0,5 (50%) e soma-se a R$ 1.160,18
Acima de R$ 2.417,29 O valor da parcela será de R$ 1.643,72, invariavelmente.