Pró labore funciona como salário ou seja, uma determinada remuneração para custear as despesas pessoais dos proprietários de uma empresa.

 
Pode ser um valor fixo ou variar de acordo com o lucro líquido da empresa.
Para ser estabelecido de forma justa e sem prejuízo à empresa, veja algumas sugestões:

 
● Valor de acordo com a função exercida na empresa: estabelecer que o pró labore seja o valor da remuneração de mercado para a profissão;

● Não misturar contas pessoais com contas da empresa: garante que a empresa não seja prejudicada financeiramente;

● Retiradas que não afetam o caixa: é preciso garantir que as retiradas de pró labore não afetem a receita da empresa e assim, possam ter reserva para custos operacionais e investimentos;

● Consolidação da empresa no mercado: uma empresa iniciante tem mais gastos e portanto, a sugestão é elaborar um pró labore menor;

● Distribuição de lucratividade com planejamento: bons lucros podem oferecer um pró labore maior, no entanto, a sugestão é realizar retiradas planejadas. Exemplos: trimestral, semestral;

● Considerar impostos: sobre o pró labore há impostos que representam gastos para a empresa e não podem ser ignorados.

Leave a comment